Página Inicial
Bem-vindo
03 de Fevereiro de 2023, 21:04
Atualização 25.06.2020 às 10:59
Publicação 25.06.2020 às 10:49
Por determinação da VEC de Novo Hamburgo, apenados do Instituto Penal de São Leopoldo vão para domiciliar, mediante tornozeleira eletrônica
Apenados são do regime semiaberto
Foto de divulgação Seapen e Susepe

 

Depois de o total de apenados do Instituto Penal de São Leopoldo (IPSL) ter realizado o teste rápido para a Covid-19, com resultado positivo para a doença em 66 deles, o juiz do 1º Juizado da Vara de Execução Criminal (VEC) Regional de Novo Hamburgo, Carlos Fernando Noschang Júnior, determinou, hoje (25), o encaminhamento à prisão domiciliar, em grupos de 30, mediante o uso da tornozeleira eletrônica.
Conforme a Seapen e a Susepe, o encaminhamento do efetivo atual, que cumpre pena no regime semiaberto no local, atualmente de 116 pessoas presas, começará nesta sexta-feira (26).


Os apenados serão advertidos de que não poderão se afastar da “zona casa”, sob pena de violação das regras estabelecidas, incorrendo em falta disciplinar de natureza grave, com regressão cautelar de regime prisional e imediato encaminhamento a casa prisional de regime fechado. A fiscalização terá apoio da Brigada Militar e da Guarda Municipal de Novo Hamburgo.
O IPSL está interditado desde o último dia 24 para o ingresso de novos presos.

A decisão foi da VEC de Novo Hamburgo, que reafirmou a necessidade de distanciamento social prevista no novo Modelo de Distanciamento Controlado estabelecido pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul. A interdição vale até o dia 9 de julho

Link desta página
SUSEPE - Superintendência dos Serviços Penitenciários